A Etapa Verão marcou o encerramento do Circuito das Estações e a minha última corrida de 2016. Apesar de conhecer o percurso não planejei nenhuma estratégia relacionada ao tempo para completar a prova.

Larguei com tranquilidade e busquei espaço para fazer ultrapassagens até conseguir desenvolver um ritmo confortável. Em pouco tempo começou a cair uma garoa fina e muito refrescante.

Depois de completar a metade da prova escolhi seguir adiante em um ritmo mais lento. Passei a acelerar logo depois da placa que marcava os oito quilômetros.

Completei os dez quilômetros em 1 hora, 18 minutos e 44 segundos. Este foi o meu pior tempo entre as quatro etapas do Circuito. Fiquei um pouco chateado pois a corrida era a última chance de melhorar o meu tempo de 1 hora, 13 minutos e 43 segundos no Circuito das Estações.

 

TÚNEL DO TEMPO: CIRCUITO DAS ESTAÇÕES VERÃO 2016

Tags:                 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.