Corrida Enzo Day

Corrida Enzo Day

A corrida Enzo Day é um evento que marca o encerramento da semana que homenageia o menino Enzo Feltrin Nunes de 4 anos, que tratava uma doença genética rara, chamada Anemia de Fanconi.

Infelizmente, o Enzo não sobreviveu, mas deixou uma enorme responsabilidade: alertar sobre sua doença e mobilizar doadores. Este foi o motivo que uniu a sua família, os médicos, o Hospital Nossa Senhora das Graças,  a Prefeitura de Curitiba e outras entidades na divulgação da causa.

Como não conhecia o percurso não defini nenhuma estratégia para a corrida. Além disso, a causa nobre da prova era bem mais importante do que simplesmente baixar o meu tempo. De acordo com o locutor eram mais de três mil participantes entre as categorias de corrida e caminhada.

Por causa do grande número de participantes o meu ritmo inicial foi lento. O terceiro quilômetro foi muito ruim, pois não consegui fazer ultrapassagens. Consegui me recuperar no quarto quilômetro, quando aproveitei para acelerar um pouco o ritmo das passadas.

Em um determinado momento eu estava muito rápido e involuntariamente toquei no calcanhar de um corredor que estava logo na minha frente. Felizmente não aconteceu nenhum acidente, pedi desculpas e segui adiante.

Não me preocupei com o meu tempo, afinal de contas o meu terceiro quilômetro tinha sido muito ruim. Quando tinha um espaço disponível aproveitava para acelerar o ritmo e fazer algumas ultrapassagens. Terminei a prova com o tempo de 37 minutos e 57 segundos.

Enfim, valeu a pena ter participado desta prova, ganhar mais uma medalha e somar mais cinco quilômetros para a conta. Quando cruzei a linha de chegada ao meu lado tinha um pai com o filho na cadeira de rodas. Alguns instantes depois de ter recebido a minha medalha reencontrei os dois no momento em que o pai estava colocando a medalha no filho.

Parabenizei ambos e o filho me olhou sorrindo e disse “Muito obrigado! Parabéns pra você também!”. Foi impossível conter as lágrimas, mas posso dizer que este momento valeu o domingo.

A minha próxima corrida está prevista para o dia dezenove de abril.

 

Norman Bitner

Nascido em Curitiba - PR. Administrador, bancário, atleticano, corredor de rua, canhoto.