Angelina Jolie finalmente se junta ao Instagram

Nesta sexta-feira, dia 20 de Agosto de 2021, nossa musa inspiradora, Angelina Jolie, finalmente se juntou à rede social “Instagram” – agora de maneira oficial.

A notícia foi e confirmada através do perfil oficial da UNHCR / ACNUR (Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados), que fez uma postagem anunciando e divulgando o novo perfil da atriz.

Temos o prazer de dar as boas vindas à nossa Enviada Especial @AngelinaJolie ao Instagram! Por duas décadas, ela tem sido uma defensora feroz dos refugiados, deslocados e apátridas. Agora, em um momento em que as crises humanitárias estão aumentando, mais de 1% da humanidade encontra-se desalojada e, por este motivo, ela estará compartilhando sua experiência e continuando a aprender aqui no Instagram. Veja a primeira postagem dela e siga-a hoje!

Em sua primeira postagem na referida rede social, Jolie compartilhou uma carta enviada a ela por uma garota afegã, com a seguinte legenda:

 

 

 

 

 

 

“Esta é uma carta que eu recebi de uma adolescente no Afeganistão. Neste momento, o povo do Afeganistão está perdendo sua capacidade de se comunicar através das redes sociais e de se expressar livremente. Então, vim ao Instagram para compartilhar suas histórias e para dar voz às pessoas em todo o mundo que lutam por seus direitos humanos básicos.

Eu estava na fronteira com o Afeganistão duas semanas antes do 11 de setembro, onde encontrei refugiados afegãos que haviam fugido do Talibã. Isso foi há vinte anos. É revoltante ver os afegãos sendo deslocados mais uma vez por causa do medo e da incerteza que tomou conta de seu país. Gastar tanto tempo e dinheiro, ter o sangue derramado e vidas perdidas apenas para chegar a isso, é uma falha quase impossível de entender.

Assistir por décadas como os refugiados afegãos – algumas das pessoas mais capazes do mundo – são tratados como um fardo também é repugnante. Eu descobri que, se eles tivessem as ferramentas e o respeito, fariam muito por si mesmos. E conheci muitas mulheres e meninas que, não só queriam uma educação, mas lutavam por ela. Como outros que estão comprometidos, não vou me afastar. Continuarei procurando maneiras de ajudar. E eu espero que você se junte a mim.

Share

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *