TÚNEL DO TEMPO – FEVEREIRO DE 2018

O mês foi marcado por duas corridas, uma delas de 10 km e a outra de 5 km.

 

04/02 – TRACK & FIELD MUELLER

A Track & Field Mueller tem como local de largada e chegada o Shopping Center Mueller em Curitiba.

Nos anos anteriores corri a prova de 5 km mas em 2018 escolhi a prova de 10 km. Como choveu durante a noite o asfalto estava úmido larguei com muita calma.

Apesar de ter analisado as características do circuito preferi seguir em um ritmo de trote, sem nenhuma preocupação com o tempo que levaria para completar a prova.

Para controlar o meu ritmo escolhi como referencial os corredores que estavam cerca de dez metros na minha frente. Fui alternando o trote com a corrida.

Em um determinado momento passei por um corredor e ele me chamou pelo nome. Em uma rápida conversa descobrimos que temos um amigo em comum.

Dali em diante passamos a correr juntos e fomos incentivando um o outro. Caminhamos na subida mas sempre combinamos os momentos de trotar e de correr.

Receber incentivos ao longo da corrida foi muito importante. Aos poucos fomos superando as dificuldades do percurso e nos aproximamos da linha de chegada.     

Quando faltavam cerca de cinquenta metros para o final percebi que alguém que estava lá na frente gritou o meu nome. Respirei fundo e iniciei a minha arrancada rumo a linda de chegada.

Não me importei com o tempo final, o mais importante foi ter formado mais uma amizade no mundo das corridas de rua.

 

18/02 – CORRIDA VERDE

Participei da prova de 5 KM da Corrida Verde, organizada pela Thomé & Santos e realizada no Parque Barigui. O percurso utilizou a pista do próprio parque. Os últimos 600 metros foram percorridos em uma trilha que passa pelo bosque.

Devido ao grande número de corredores preferi correr num ritmo de trote. Quando tinha espaço disponível aproveitava para acelerar um pouco e realizar algumas ultrapassagens.

Como não estava preocupado com o tempo de conclusão da prova mantive um ritmo tranquilo. Ao entrar na trilha que corta o bosque reduzi o ritmo das passadas pois sabia que ali era estreito e escorregadio.

Depois que passei pela linha de chegada me hidratei e comi uma fruta.

 

Share

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *