Tão logo comecei a trabalhar na Central de Atendimento BB em São José dos Pinhais(PR) conheci o Maradona. Um cachorro que recebia muito carinho dos funcionários da Central.

Era um grande exemplo de raça e disposição. Tinha tratamento VIP, casinha confortável, água, comida, banho mensal, visitas ao veterinário e o carinho de inúmeros colegas.
 
Sempre alerta a tudo o que acontecia ele também era o companheiro dos vigias durante a madrugada. Durante o dia sabia diferenciar como ninguém quem era funcionário.
 
Às vezes resolvia sair para os seus passeios noturnos, principalmente nos finais de semana. Chegava na segunda-feira todo cabisbaixo, sujo e machucado com cara de quem sabia reconhecer que tinha feito coisa errada.
 
Ele partiu em abril de 2011 em uma das suas andanças, deixando tristes os seus inúmeros amigos que sempre lembrarão dele.
 
Hoje ele descansa em paz e lá do céu continua cuidado da Central.
 
Sem dúvida alguma quem teve a oportunidade de conviver com o Maradona durante o tempo que trabalhou na Central tem uma história para contar.
 

 

 

Túnel do Tempo: Maradona, o mascote da Central

Tags:     

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.