Melhores momentos

Diversos

Há alguns dias o Facebook através de um algoritmo  passou a divulgar uma coletânea de fotos denominada “O ano de”. Particularmente gostei da minha retrospectiva, mas achei que faltaram ser registrados alguns momentos significativos.

Circuito do Sol - 10 KM
Circuito do Sol – 10 KM

O primeiro deles aconteceu no início do mês de fevereiro e marcou a minha participação na corrida de dez quilômetros do Circuito do Sol.

Foi uma corrida completamente diferente daquelas que eu havia participado anteriormente, afinal de contas estava acostumado a correr cinco quilômetros.

Mesmo não estando preparado fisicamente  enfrentei o desafio e completei a prova em uma hora e dezenove minutos.

Terminei a corrida completamente exausto, mas fiquei satisfeito com o meu desempenho e com a experiência vivenciada ao longo dos dez quilômetros.

No entanto, preferi continuar correndo as provas de cinco quilômetros. Correr novamente os dez quilômetros ficou para alguma corrida de 2015, desta vez melhor preparado.

Luiza Possi - Trajeto Lumen
Luiza Possi – Trajeto Lumen

Outro momento que merece destaque na minha retrospectiva de 2014 foi a oportunidade de rever a cantora Luiza Possi.

Foi num programa ao vivo da Rádio Lumen FM realizado no Shopping Curitiba.  Consistiu em um bate-papo em que ela falou a respeito da sua carreira, respondeu algumas perguntas dos fãs e cantou músicas dos CDs Seguir Cantando e Sobre Amor e o Tempo.

O programa durou uma hora e logo após o encerramento a Luiza atendeu com muito carinho os seus fãs, tirando fotos e distribuindo autógrafos.

Quando chegou a minha vez lembrei que a vi quando ela esteve em Curitiba em março de 2013 para para participar do Trajeto Lumen.

O mês de maio marcou a estreia do meu blog, pois percebi que necessitava de um local para registrar e compartilhar os relatos das minhas corridas.

Também posso tratar a respeito dos meus ídolos Ayrton Senna e Angelina Jolie, bem como dos assuntos mais diversos.

Maleficent-06Sem dúvida o momento mais aguardado foi a estreia do filme Malévola, com a atriz Angelina Jolie no papel principal.

Para a primeira vez escolhi assistir a versão 3D dublada, pois desejava muito saber quem havia sido a dubladora da Angelina.

Prestei bastante atenção nas falas da Malévola mas não consegui identificar de quem era a voz. A única certeza que tive foi de que não era da Miriam Ficher. Em casa consultei a minha lista dos filmes da Angelina Jolie onde tenho anotados os nomes das respectivas dubladoras.

Assisti trechos de alguns filmes e após realizar uma pesquisa na internet pude concluir que a voz da Malévola no Brasil é da dubladora Eleonora Prado. Não preciso nem dizer que adorei o filme.

Os meses de junho e julho foram marcados pela realização da Copa do Mundo no Brasil. Particularmente em nenhum momento manifestei o interesse em comprar o ingresso para um dos jogos que seriam realizados em Curitiba.

Em uma das oportunidades que a FIFA disponibilizou ingressos fiz uma tentativa e consegui comprar um ingresso para o jogo entre as seleções de Argélia e Rússia. Foi muito legal assistir um jogo da Copa na minha cidade e no estádio do meu time.

Em setembro tirei férias e durante uma semana visitei a cidade de Foz do Iguaçu, onde tive a oportunidade de visitar vários pontos turísticos desta cidade. Entre eles posso citar as Cataratas do Iguaçu e a Usina Hidrelétrica de Itaipu.

Aproveitei também para conhecer o recém-inaugurado Museu de Cera Dreamland. Tirei fotos ao lado de diversos personagens que tive a oportunidade de conhecer quando visitei o museu de Gramado – RS.

Outubro teve um momento de muita tristeza com a partida da minha tia Zenia que lutava contra o câncer. Viajei às pressas para São José do Rio Pardo – SP. Foi uma viagem que ninguém deseja fazer por saber do que enfrentará quando chegar no destino. Lá vi meus tios e primos que desta vez não foram abraçados com a alegria do reencontro. Ela se foi dormindo e sem sofrimento.

No dia três de novembro o meu recorde na corrida de cinco quilômetros completou um ano. Em 2014 participei de diversas provas mas o mais perto que cheguei foi dez segundos. Isto me deixou um tanto ansioso, pois até o final do ano teria somente mais três tentativas.

A primeira delas foi a etapa Primavera do Circuito das Estações, ocasião em que corri pela última vez com o meu Adidas Springblade. Apesar de ter feito uma boa corrida o tempo final não foi suficiente para bater meu recorde.

Foi então que comprei um Adidas Adios Boost e logo na sua primeira corrida com ele finalmente consegui melhorar o meu tempo. Foi na corrida de 5 KM da Maratona de Curitiba.

Na corrida seguinte fiz um boa prova e fiquei muito contente com o desempenho do Adios Boost. Então decidi que ele será o meu tênis principal nas corridas da temporada de 2015.

No final de novembro em um exame de controle dos meus cálculos renais tomei conhecimento de que o tamanho deles facilita a sua eliminação. Finalmente ficarei livre deles depois de inúmeras litotripsias.

Que 2015 seja um ano marcado por muitos momentos felizes, corridas, medalhas, recordes e, é claro, sem pedras.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *