XI Corrida da Polícia Civil do PR

XI Corrida da Polícia Civil do PR

No dia 21 de setembro tive a oportunidade de participar de mais uma corrida de cinco quilômetros, a XI Corrida da Polícia Civil do Paraná. Como eu tinha participado da corrida do ano passado conhecia as características do percurso. Procurei largar com calma para não me envolver em nenhuma confusão.

Tive muitas dificuldades nos primeiros duzentos metros para encontrar espaços para as ultrapassagens. No caminho encontrei vários grupos de pessoas correndo lado a lado, os famosos paredões que me impediam de desenvolver um ritmo mais forte. Mesmo assim consegui completar o primeiro quilômetro com o tempo de seis minutos e trinta e cinco segundos.

Passei a observar o comportamento das pessoas que estavam correndo na minha frente, bem como os espaços vazios entre elas. Mentalizei o traçado das minhas ultrapassagens. Como o Adidas Springblade proporciona um impulso muito forte é preciso pensar rápido para passar pelos entre os corredores.

623IT1073Tudo indicava que a minha estratégia estava dando certo e que faria uma boa corrida, talvez em um tempo melhor que o da corrida de 2013. Pouco depois de completar o segundo quilômetro recebi um toque no meu calcanhar direito. Felizmente não cheguei a cair apesar de ter me desequilibrado. Tentei olhar rapidamente para trás com a finalidade de reclamar, mas só consegui ouvir um pedido de desculpas.

Continuei correndo e seguindo o meu plano de aproveitar os trechos onde tinha condições de desenvolver um ritmo mais forte. Além disso,reduzia o ritmo nas subidas.

Com o passar do tempo fui percebendo que aquele toque no meu calcanhar prejudicou a minha corrida. O tempo do meu terceiro quilômetro foi muito ruim e na sequencia não consegui recuperar o meu ritmo para concluir a prova em um tempo próximo da corrida do ano passado.

623NS0803Diante disso me restou alternar entre o trote e alguns tiros de duzentos metros até o final do percurso. O meu tempo foi de 38 minutos e 27 segundos, até agora o pior com o Springblade em seis corridas.

É claro que foi muito chato não ter feito uma boa prova. Sabia que o percurso da prova era complicado, mas esperava completar em um tempo melhor que a do ano passado.

Apesar do resultado valeu a pena participar de mais um corrida e conquistar mais uma medalha para a coleção.

Norman Bitner

Nascido em Curitiba - PR. Administrador, bancário, atleticano, corredor de rua, canhoto.