No início da segunda semana de novembro de 2014 tive a oportunidade de comprar um tênis novo. O modelo escolhido foi o Adidas Adizero Adios Boost, vencedor da Maratona de Nova York de 2013 com o queniano Geoffrey Muttai.

A estreia oficial aconteceu na corrida de cinco quilômetros da Maratona de Curitiba. Posso dizer que a expectativa era muito grande, afinal de contas seria mais uma oportunidade de baixar o tempo de 35 minutos e 29 segundos, o meu recorde para aquela distância..

IMG_3243Ao receber o meu número fiquei olhando para ele por alguns instantes: 3143. O número 31 é o inverso de 13 que é o dia do meu nascimento. No número 43, multiplicando 4 por 3 temos o resultado 12, o mês do meu aniversário.

Isto mesmo, o meu número estava ligado a data do meu aniversário e logo pensei que ele iria me dar sorte na corrida de domingo.

No domingo cedo cheguei a Praça Nossa Senhora de Salete, local de largada, peguei o meu chip e em seguida visitei a barraca da GEPES/CASSI onde tive a oportunidade de conversar com vários colegas do BB.

Quando faltavam cerca de quinze minutos para a largada me dirigi ao pelotão referente ao meu ritmo de corrida. Iniciei a minha concentração e revisei meu plano de corrida.

Larguei com muita calma para não me envolver em nenhuma confusão. Nos primeiros metros já percebi o potencial do Adios Boost e fui aumentando o ritmo das passadas. Completei o primeiro quilômetro com o tempo de 6 min 41 seg.

Assim que entramos na Mateus Leme comecei a fazer ultrapassagens, sempre aproveitando os espaços vazios. Neste trecho a maior dificuldade que enfrentei foi com os ciclistas que estavam acompanhando alguns corredores.

Apesar das dificuldades enfrentadas consegui completar o segundo quilômetro em um tempo de 6 min 41 seg. Até este momento o tempo acumulado era de 13 min 12 seg. será que os números 13 e 12 lembram alguma coisa? Os dois quilômetros seguintes foram percorridos em um ritmo um pouco mais lento por causa das subidas.

Escolhi reduzir um pouco ritmo para economizar as energias para o final da prova. Sendo assim cheguei a marca de quatro quilômetros com o tempo de 28 min e 15 segundos. Em uma conta rápida verifiquei que precisava de 7 min e 24 seg para atingir o meu recorde.

IMG_3255Diante da possibilidade de marcar um novo recorde usei aquelas energias que havia economizado para aumentar o ritmo. Neste momento tão importante o Adios Boost respondeu prontamente quando foi solicitado.

Olhei lá na frente e mentalmente tracei um linha por onde deveria fazer as minhas ultrapassagens.

De vez em quando dava uma olhada no relógio para controlar o tempo. Ao fazer a última curva e entrar na reta final chegou a hora de acelerar tudo. Observei atentamente o posicionamento dos corredores e comecei a ultrapassar cada um deles até cruzar a linha de chegada.

IMG_3256É claro que naquele momento com uma carga de adrenalina enorme nem olhei para o meu tempo final. Caminhei por mais alguns metros até que cheguei ao local onde estavam sendo entregues os copos d’água. Sentei no meio-fio com alguma dificuldade para retirar o chip do meu tênis.

Depois de amarrar o tênis resolvi olhar qual tinha sido o meu tempo final: 34 minutos e 20 segundos. Pois é, tinha acabado de baixar o meu tempo e definir um novo recorde para os cinco quilômetros.

Correr pela primeira vez com o Adios Boost, usando um número que lembra a data do meu aniversário e marcar o meu novo recorde foi fantástico!

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading