O mês de novembro de 2019 foi marcado pela minha última corrida do ano. Fiz a prova de 5 km da Corrida do Tingui, que é marcada pelas subidas.

Poucos minutos antes da largada alguém me chamou. Quando olhei percebi que eram duas corredoras, uma delas que eu tinha ajudado na Meia de Curita realizada em fevereiro. Conversamos por alguns instantes e compartilhamos a nossa energia positiva.

Sabendo das dificuldades que enfrentaria durante o percurso decidi correr em um ritmo bem lento. Comecei a acelerar o ritmo das minhas passadas quando iniciei o quinto quilômetro.

Como o último quilômetro seria todo em descida fui me controlando. Quando me aproximei do pórtico de chegada respirei fundo, me concentrei e acelerei. Completei o percurso em 42:29, um tempo bem acima do que estou acostumado a fazer nas provas de 5 km.

Mas o tempo de conclusão era o que menos importava. O mais importante era comemorar mais um corrida terminada.

Mais uma temporada temporada encerrada. No total foram trinta corridas durante o ano. Enfrentei desafios, superei dificuldades, formei novas amizades, em duas corridas abandonei a minha estratégia de corrida para ajudar corredoras e após cruzar a linha de chegada me emocionei com o agradecimento.

TÚNEL DO TEMPO: CORRIDA DO TINGUI

Tags:                 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.