#TBT JULHO 2019

07 – CIRCUITO DAS ESTAÇÕES INVERNO

Quando acordei às cinco horas a primeira coisa que fiz foi conferir a temperatura: 0ºC. Esta seria a temperatura que eu iria enfrentar durante a corrida.

Alguns minutos antes da largada verifiquei a temperatura: -1ªC. A minha estratégia era fazer uma corrida conservadora sem forçar o meu ritmo.

Como a manga da minha camisa cobria o meu relógio não conseguia conferir o meu ritmo e o tempo decorrido. Puxar a manga a todo instante iria tirar a minha concentração. Me senti aquecido próximo do km 6.

Segui em um ritmo lento mas seguro e caminhei nas subidas. Comecei a acelerar quando faltavam cerca de quinhentos metros para o final da prova.

Na chegada travei o meu cronômetro mas não prestei atenção no tempo final. Foi uma corrida muito sofrida em que me mantive bastante concentrado para não cometer nenhum erro.

Ao chegar em casa verifiquei no meu Garmin que completei o percurso em 1 hora, 21 minutos, 07 segundos, algo que me deixou muito surpreso.

 

20 – 80’s NIGHT RUN

Foi uma corrida noturna promovida pela Global Vita tendo como tema os anos 80.

Apesar de não gostar de corridas noturnas pelas suas características procuro participar de pelo menos uma por ano. Cheguei ao local do evento com uma antecedência cerca de uma hora em relação ao horário da largada.

Aproveitei para conversar com algumas pessoas. Faltando cerca de quinze minutos para a largada iniciei o meu ritual: alongamento, aquecimento, ajuste dos tênis e da lanterna de LED.

Sabendo das dificuldades que poderia enfrentar no percurso por causa da iluminação das ruas resolvi usar a minha lanterna. Assim consegui iluminar o meu caminho em torno de dois metros na frente.

Larguei com muito cuidado, demorei um pouco para encontrar o ajuste ideal da lanterna mas mantive um ritmo rápido e completei o primeiro quilômetro em em 6:04.

No km 3 reduzi o ritmo para enfrentar um subida. Depois fu me controlando até quando faltavam cerca de duzentos metros para o final. Pouco antes da última curva fui ofuscado pelo flash de um fotógrafo.

Por alguns segundos não consegui ver nada. Observei quem estava no meu caminho, tracei um linha a ser percorrida e acelerei. Estava tão rápido que quase atropelei uma fotógrafa que estava bem próxima da linha de chegada.

Desviei dela quando estava cerca de três metros. Fiquei muito preocupado depois, pois certamente ela deve ter se assustado.

Peguei a minha medalha, tomei água e caminhei um pouco para me recuperar do susto. Não pude conversar com a fotógrafa, pois ela estava na linha de chegada tirando fotos dos corredores.

Então procurei por alguém da equipe dela para explicar o que aconteceu e pedir desculpas pelo susto.

De acordo com o meu Garmin completei os 5 km em 37:27, o meu terceiro melhor tempo em corridas noturnas.

 

28 – A. YOSHII RUNING

A corrida patrocinada pela construtora A.YOSHII tem um significado muito especial para mim por causa do local de largada e chegada: a Praça da Espanha.

A praça fez parte do início da minha infância, pois morei a cerca de duas quadras dali. Portanto, a viagem no tempo é inevitável.

Sabendo das características do percurso de 5 km larguei com tranquilidade e fui controlando o meu ritmo até completar a distância de quatro quilômetros

A partir dali poderia acelerar o ritmo das minhas passadas, pois até o final teria somente descida.

De acordo com o meu Garmin completei o percurso em 37:27, o meu melhor tempo no ano para os 5 km.