NOVEMBRO DE 2016 – MARATONA DE CURITIBA

NOVEMBRO DE 2016 – MARATONA DE CURITIBA

O mês de novembro foi marcado pela 20 ª edição da Maratona de Curitiba. Em 2014 e 2015 corri as provas de cinco quilômetros e em 2016 resolvi participar da prova de dez.

O tênis escolhido foi o Adidas Ultra Boost vermelho  adquirido no mês de maio.

Larguei com muita calma para não me envolver em nenhuma confusão e procurei buscar espaço para fazer ultrapassagens e conseguir desenvolver um bom ritmo.

Um erro cometido após passar pela marca do primeiro quilômetro me custo alguns metros para retomar a rota certa.

Segui adiante procurando espaço para tentar recuperar o tempo perdido. Completei o segundo quilômetro e reduzi o meu ritmo para um trote leve.

Assim que passei pela marca de 3 KM acelerei as minhas passadas e procurei manter um ritmo constante ao longo dos próximos dois quilômetros. Sendo assim cheguei na metade da prova com um tempo acumulado de 37:54.

Procurei me controlar nos quilômetros seguintes e aproveitei os espaços vazios para realizar ultrapassagens e trotar em alguns momentos. A partir de então fui acelerando aos poucos para poder chegar na marca dos 9 KM com o ritmo que seguiria até o final da prova.

Uma longa reta me separava da linha de chegada. Em nenhum momento me preocupei em bater o meu recorde pessoal muito menos defini qual seria o meu tempo final. Sempre que passava pelas pessoas que estavam assistindo a corrida eu levantava a minha mão para receber a energia positiva.

Ao chegar em frente da Prefeitura de Curitiba vi a placa de 42 KM que para mim indicava que faltavam os tais 195 metros para a chegada.

Até a lá tinham cerca de cinco corredores na minha frente. Três deles sabia que não teria condições de alcançar porque já estavam completando a prova. Mas poderia ultrapassar os outros dois antes da linha de chegada. Acelerei as minhas passadas e iniciei a minha arrancada.

Completei o percurso em 1 hora 16 minutos e 20 segundos. Gostei muito da prova pois ao longo de todo o percurso vi várias pessoas incentivando. Esta foi a minha 19ª prova de dez quilômetros e o oitavo melhor tempo no ano.