Meu primeiro Mizuno

Qual é o melhor tênis para caminhadas e/ou corridas? Esta sem dúvida é uma das perguntas mais comuns entre quem está dando os seus  primeiros passos na caminhada ou pretende começar a correr. Como todo iniciante eu também tinha esta dúvida e procurei pesquisar em sites especializados. Tive oportunidade de ler comentários a respeito do Asics, do Adidas e do Mizuno, mencionando os pontos positivos e negativos de cada

CONTINUE LENDO

Share

Meu primeiro Asics

Diante da aposentadoria do Nike Pegasus 28 e do Adidas adiSTAR Ride eu tinha que escolher quais seriam os seus substitutos. Na comparação gostei mais do Adidas. Depois de refletir bastante a respeito das opções disponíveis decidi por comprar um novo par de Adidas além de experimentar as marcas Asics e Mizuno. Comprei o Asics Patriot 4, por reunir estilo e funcionalidade, além de características ótimas para os iniciantes

CONTINUE LENDO

Share

Meu primeiro Adidas

Depois de dois meses fazendo caminhadas eu já tinha percorrido aproximadamente  155 quilômetros.  Então resolvi comprar um outro par de tênis para alternar o uso com o Nike Pegasus 28. Dentre as diversas opções disponíveis escolhi comprar o Adidas adiSTAR Ride. A partir de então passei a trocar de tênis a cada três ou quatro  caminhadas. Além disso pude comparar o meu desempenho com o Nike e o Adidas.

CONTINUE LENDO

Share

O primeiro tênis

Em um dia do mês de agosto de 2011, ao sair de um compromisso em um bairro de Curitiba resolvi seguir a pé até a Praça Rui Barbosa, onde pegaria um ônibus para voltar para casa. Durante a caminhada de aproximadamente dois quilômetros tentei usar o aplicativo Nike+ do meu iPhone. Devo admitir que fiquei um tanto chateado por não ter obtido êxito nas diversas tentativas, Mas assim que

CONTINUE LENDO

Share

Coleção de números

Além das medalhas das corridas também costumo guardar os números utilizados nas corridas que participo. As medalhas são penduradas e os números são guardados em um envelope. No último final de semana resolvi montar um mosaico com eles. Em um primeiro momento fotografei cuidadosamente cada um dos números. Depois eles foram separados de acordo com a ordem em que as corridas aconteceram, pois foi este o critério escolhido para

CONTINUE LENDO

Share

Medalhas

Foi no mês de setembro de 2011 que decidi deixar de lado o sedentarismo e passei a praticar caminhadas. Comecei ao poucos, um passo de cada vez caminhando nas ruas próximas da minha casa. É claro que nos primeiros dias chegava em casa com dores, mas logo o condicionamento foi melhorando. Algumas semanas depois tive a oportunidade de participar da 8ª Caminhada do Coração , evento que é promovido

CONTINUE LENDO

Share

Marca significativa

Ao sair de casa para o meu treino neste sábado não me preocupei com o tempo de duração nem com a distância que seria percorrida. Não tinha a intenção de fazer nenhum teste, apenas uma caminhada sem forçar o ritmo. Coloquei o frequencímetro, abasteci com Gatorade os frascos do meu cinto de hidratação, calcei meu Asics Nimbus 15, coloquei o boné e fui em frente. Apesar de não ter

CONTINUE LENDO

Share

Mais uma miniatura para a coleção

Certa vez em uma visita ao site da Planeta DeAgostini vi uma miniatura da marca KYOSHO na escala 1:8. Tratava-se de um modelo para montar da McLaren Honda MP4/4, o carro usado por Ayrton Senna na temporadas de 1988, quando ele conquistou o seu primeiro título na Fórmula 1. Apesar de ter ficado muito impressionado com a beleza e os detalhes, devo confessar que naquela ocasião não me animei

CONTINUE LENDO

Share

A importância de um bom atendimento

No final da tarde do dia oito de agosto tive oportunidade de visitar duas lojas do Shopping Palladium especializadas no comércio de malas. O atendimento recebido em cada uma delas foi um dos critérios para definir onde seria realizada a compra. A primeira loja visitada foi a Cavezzale. Entrei e comecei a observar os modelos de malas que estavam em exposição. Foram necessários cerca de trinta segundos para que

CONTINUE LENDO

Share

Dia Internacional do Canhoto

Em um final de semana do mês de julho de 2003 resolvi fazer uma pesquisa na internet a respeito dos canhotos, pois desejava conhecer melhor o mundo do qual faço parte. Em poucos minutos havia visitado vários sites sobre o assunto. No entanto, a maioria deles era no idioma inglês, encontrei poucos em português, tanto do Brasil quanto de Portugal. Diante disso, resolvi reunir todo o material encontrado em

CONTINUE LENDO

Share