Marca significativa

Ao sair de casa para o meu treino neste sábado não me preocupei com o tempo de duração nem com a distância que seria percorrida. Não tinha a intenção de fazer nenhum teste, apenas uma caminhada sem forçar o ritmo. Coloquei o frequencímetro, abasteci com Gatorade os frascos do meu cinto de hidratação, calcei meu Asics Nimbus 15, coloquei o boné e fui em frente.

Apesar de não ter definido um percurso específico, escolhi seguir pela Avenida das Torres, pois desejava ver como ficou a ciclovia compartilhada. Iniciei com o  ritmo de caminhada e depois alternei com o trote. A pista asfaltada é pintada na cor vermelha e ao seu lado há uma calçada de granito.

Em um trecho de quase três quilômetros notei somente um ponto com um desnível que poderia complicar caso estivesse correndo. A volta para casa foi num ritmo mais lento, pois as calçadas da Salgado Filho não são muito boas.

Ao chegar em casa fui verificar os dados registrados pelo aplicativo Nike+. Foi então que percebi que tinha ultrapassado a significativa marca de 1.200 KM percorridos desde que comecei a caminhar em setembro de 2011. Vale lembrar que esta distância foi atingida com um mês de antecedência.

Entre as várias caminhadas e corridas, melhorei o meu condicionamento, enfrentei desafios, superei limites, conheci novas pessoas, tive vários  pares de tênis, camisetas e aumentei a minha coleção de medalhas.