Corrida da Ponte 2019

Neste domingo teve início a minha temporada de corridas de rua. E nada melhor do que começar com uma corrida bem perto de casa.

Desde 2016 a Corrida Ponte é a minha primeira corrida do ano. Aproveitei para fazer um aquecimento na distância que separa a minha casa do local de realização da prova.

Chegando ao estacionamento do Wal Mart bastaram alguns minutos para encontrar várias pessoas conhecidas e trocar muita energia positiva.

Conhecendo as características do percurso larguei com calma e segui em um ritmo tranquilo. Quando possível realizei algumas ultrapassagens.

Não me preocupei com o tempo decorrido. Nas vezes que olhei para o meu relógio foi para verificar a frequencia cardíaca.

Aumentei o meu ritmo assim que passei pela marca dos 9 km. Quando faltavam cerca de 300 metros ultrapassei alguns corredores que estavam lentos e logo percebi que tinha um que poderia ser ultrapassado antes da linha de chegada.

É algo que estou acostumado a fazer no final das minhas corridas. Olhei fixamente para o meu objetivo, respirei fundo e acelerei.

No entanto, notei duas pessoas tentando atravessar a rua no sentido da minha esquerda para a direita. Neste momento o corredor a ser superado estava menos de dez metros na minha frente.

Tinha que ser muito rápido na tomada da minha decisão. Mantive o meu ritmo e desviei um pouco para minha direita. Assim teria condições de evitar o atropelamento e poderia realizar a minha última ultrapassagem.

Ufa! Completada a primeira corrida do ano em 1 H 16 min 38 seg.

Fiquei satisfeito com o resultado pois ficou dentro daquilo que esperava. No próximo domingo participarei da Batel Run.