Corrida Batel Run 2017

Hoje participei da 3ª Corrida Batel Run, cujo ponto de partida estava localizada na Praça da Espanha. O local tem um significado especial para mim pois morei naquela região no início da década de 70.

Quando cheguei caía um chuva fina e que aumentou co ma aproximação do momento da largada. Tomei muito cuidado na saída pois o paralelepípedo do trecho inicial estava escorregadio.

Como conhecia o percurso da prova sabia que não teria condições de melhorar o meu tempo. Sabia que teria muitas subidas pela frente até a marca dos 9 km. Preferi seguir no ritmo de trote e aumentar um pouco o ritmo nas descidas.

Ao entrar no último quilômetro sabia que dali em diante teria apenas descida. Aos poucos fui aumentando o ritmo das passadas. Aproveitei para ultrapassar quatro corredores que estavam na minha frente antes de chegar no trecho de paralelepípedos.

Completei o percurso em 1 hora, 20 minutos e 44 segundos. Depois de pegar a minha medalha fiquei observando a praça e por alguns instantes fiz uma viagem no tempo e lembrei do tempo em que brincava no parquinho.

Depois desci a Rua Saldanha Marinho até o número 1243 onde fica o Edifício Brasília. Ali fiz uma outra viagem no tempo e lembrei do tempo que ali morei.

Independente do meu desempenho na corrida  fiquei muito contente pela oportunidade de relembrar um pouco da minha infância. A Praça da Espanha foi reformada recentemente mas o escorregador e a gangorra permanecem ali. O Edifício conserva a sua fachada, mas o corredor da entrada mudou um pouco.

A próxima corrida será a de 5 km da Track & Field Mueller no dia dezenove de fevereiro.