Circuito Caixa 2018

Neste domingo participei da prova de cinco quilômetros do Circuito Caixa Etapa Curitiba. O percurso conhecido com certeza ajudou bastante. No entanto, eu sabia que seria difícil bater o meu recorde de 34:20 obtido em novembro de 2014.

Estabeleci como objetivo completar a prova com um tempo próximo dos trinta e cinco minutos. Larguei com tranquilidade e procurei seguir em um ritmo forte.

O tempo nublado e a temperatura baixa também me ajudaram na corrida. Cheguei na marca dos 2 km com uma vantagem em relação ao tempo planejado. No quilômetro seguinte o meu ritmo reduziu um pouco e passei pela placa dos 3 km com alguns segundos de atraso.

Sabia que depois de passar em frente ao Museu Oscar Niemeyer poderia acelerar o ritmo das minhas passadas, pois não teria subidas para enfrentar. Ao entrar na reta de chegada olhei para os corredores que estavam no caminho até a linha de chegada.

Respirei fundo e fui ultrapassando cada um deles até cruzar a linha de chegada. Completei o percurso de cinco quilômetros no tempo de 35 minutos e 10 segundos, dentro do que havia planejado.

Apesar de ter ficado longe do meu recorde pessoal o tempo de hoje foi o meu melhor em 2018 para a distância de cinco quilômetros. Fiquei muito contente com o resultado alcançado.

Depois de pegar a minha medalha e me hidratar tive a oportunidade de conhecer a Rosemar Coelho Neto, medalhista no revezamento 4×100 metros na Olimpíada de Pequim em 2008.

Com a corrida de hoje alcancei a marca de 567,64 km percorridos no ano e pela minha projeção deverei vencer os meu desafio dos 600 km no final de outubro. Portanto, já estabeleci uma nova marca a ser atingida até o final do ano: 700 km.