75 Medalhas

No dia cinco do mês de agosto de 2012 participei da minha primeira corrida de rua. A ansiedade era grande pois até então estava acostumado a correr nas ruas próximas da minha casa ou então no Parque Barigui.

Por ser a minha estreia não defini qual seria o tempo para percorrer o percurso de cinco quilômetros. Alternei a caminhada rápida com o trote. Ao avistar o pórtico da chegada percebi que tinha condições de concluir a prova em menos de quarenta minutos e aumentei o meu ritmo das minhas passadas.

Completei com o tempo de trinta e nove minutos e cinquenta e um segundos. Cheguei exausto mas muito contente com o resultado alcançado. Enfim, venci o meu primeiro desafio e com ele iniciei a minha coleção de medalhas.

Corrida da Esperança - 05/08/2012
Corrida da Esperança – 05/08/2012

Inicialmente elas eram apenas guardadas em uma caixa que em pouco tempo ficou pequena. Então resolvi comprar um porta medalhas para pendurá-las lado a lado.

O tempo passou, participei de muitas outras corridas cada uma com as suas características: calor, chuva, frio, subidas íngremes, etc. Pouco mais de quatro anos depois da minha primeira corrida a coleção tem setenta e cinco medalhas.

É claro que algumas medalhas possuem um significado especial seja pelas condições da corrida ou então por ter representado a conquista de um novo recorde pessoal.

Na distância de cinco quilômetros o meu melhor tempo é de trinta e quatro minutos e vinte segundos, marca alcançada em novembro de 2014.  Em 2016 troquei as corridas de 5 KM pelas de 10 KM. O melhor tempo é de um hora, treze minutos e quarenta e três segundos.

Até o final do ano terei de enfrentar vários quilômetros de subidas e descidas nas ruas da cidade de Curitiba.