AYRTON SENNA PARA SEMPRE (1960 – 1994)

Ayrton Senna da Silva nasceu em São Paulo no dia 21 de março de 1960. Aos quatro anos ganhou o seu primeiro kart feito pelo seu pai. A sua habilidade na condução do brinquedo impressionou a família.

Aos treze anos de idade começou a competir oficialmente nas provas de kart. Depois de terminar como segundo colocado em várias ocasiões, em 1977 ganhou o Campeonato Sul-Americano de Kart e também em 1978 e 1980, o Campeonato Brasileiro em 1977, 1978 e 1980.  Faltaram para Senna as conquistas no Paulista e principalmente no Mundial.

Clique aqui e saiba mais sobre a carreira de Ayrton Senna no kart.

Em 1981 mudou-se para a Europa, onde ganhou o campeonato inglês de Fórmula Ford 1600 (12 vitórias em 20 corridas), pela equipe Van Diemen. No entanto ao final da temporada, Ayrton apesar do sucesso na temporada, não conseguiu novos patrocinadores, o que o impedia  de se sustentar na Europa.

Sem o apoio da família  ele decidiu abandonar o automobilismo e administrar uma loja de material de construção montada pelo pai. Mas em fevereiro de 1982 ele decidiu voltar para a Europa e continuar a sua carreira.

Em 1982 participou de dois campeonatos de Fórmula Ford 2000. Sagrou-se campeão europeu e britânico (22 vitórias em 27 corridas) pela equipe Rushen Green Racing.

No ano de 1983 ele participou do Campeonato Inglês de Fórmula 3 pela equipe West Surrey Racing. Venceu  treze das vinte e uma corridas e conquistou o campeonato. Após várias vitórias em Silverstone a imprensa inglesa chegou a chamar o circuito de Silvastone vem homenagem a Ayrton.

No segundo semestre de 1983 Senna realizou os seus primeiros testes na Fórmula 1.

19 de julho (Donington Park) – Williams-Ford/Cosworth FW08C
25 de outubro (Silverstone) – McLaren-Ford/Cosworth MP4/1C
9 de novembro (Silvertone) – Toleman-Hart TG183B

11 de novembro (Paul Ricard) – Brabham-BMW M12 1.5 L4 Turbo

Ayrton queria a vaga de piloto titular, oferecida apenas pela Toleman. Ele assinou um contrato de três anos com a Toleman, equipe média que entrava em seu quarto ano. Dentre as cláusulas, exigiu que caso o carro não se apresentasse competitivo, rescindiria o contrato.

FÓRMULA 1 (1984 – 1994)

1984 – 9º colocado
TOLEMAN HART TG 183B
 
TOLEMAN HART TG 184
1985 – 4º colocado
LOTUS RENAULT 97T
 
1986 – 4º colocado
LOTUS RENAULT 98T
 
1987 – 3º colocado
LOTUS HONDA 99T
 
1988 – Campeão
McLAREN HONDA MP4/4
 
1989 – Vice-Campeão 
McLAREN HONDA MP4/5
 
1990 – Campeão
McLAREN HONDA MP4/5B
 
1991 – Campeão
McLAREN HONDA MP4/6
 
1992 – 4º colocado
McLAREN HONDA MP4/6B e McLAREN HONDA MP4/7
 
1993 – Vice-Campeão
McLAREN FORD MP4/8
 
1994 – Acidente Fatal
WILLIAMS RENAULT FW16

Foi muito difícil aceitar tudo o que aconteceu naquele fatídico 1º de maio de 1994 na maldita Curva Tamburello no Circuito Enzo & Dino Ferrari em Ímola. Na corrida seguinte em Mônaco a pole position ficou vazia em homenagem a Ayrton Senna, vencedor em 1987, 1989, 1990, 1991, 1992 e 1993.

Perdi completamente o interesse nas corridas de F1. Os anos passaram e apareceram inúmeras teorias para explicar o acidente que tirou a vida do nosso ídolo. No entanto, nenhuma explicação trará Ayrton Senna de volta.

Inúmeras perguntas surgiram nos anos seguintes. Quantas temporadas o Ayrton disputaria até encerrar a sua carreira? Quantos títulos conquistaria? O que ele faria depois de deixar a Fórmula 1?

Jamais saberemos o que aconteceria com o Senna. Mas certamente após deixar a F1 ele iria se dedicar a cuidar da carreira do sobrinho Bruno Senna.

Para lembrar do meu eterno ídolo iniciei uma coleção de miniaturas dos carros e dos capacetes. Clique nos links abaixo para conhecer a minha coleção.

TESTES NA FÓRMULA 1

CAPACETES

TOLEMAN

LOTUS

McLAREN

WILLIAMS

ESTÁTUAS

Em 1999 criei um site com estatísticas da carreira, fotos e vídeos. Ao longo dos anos passou por vários locais de hospedagem. Desde março de 2017 está no meu endereço www.normanbitner.com.br.

Valeu Ayrton pelas vitórias, pelos títulos e as grandes alegrias que nos proporcionou !